Explicamos-lhe tudo sobre o Microcrédito

Explicamos-lhe tudo o que precisa de saber sobre o Microcrédito

Existem vários mecanismo para o financiamento de novos negócios e para a criação do próprio emprego, para além do Microcrédito. Já aqui falamos do Programa Investe Jovem promovido pelo IEFP, e de outros outros apoios financeiros à criação de empresas através do IEFP, tais como o Microinvest e do Invest+.

Vamos agora dar especial destaque ao Microcrédito e de que forma esta linha de financiamento poderá se enquadrar no financiamento do sua empresa/projecto.

O que é o Microcrédito?

O Microcrédito é um pequeno empréstimo destinado apoiar empreendedores sem acesso ao crédito bancário, e que pretendam criar o seu posto de trabalho.

Destinatários

  • Desempregados;
  • Jovens à procura do 1º emprego;
  • Trabalhadores em regime precário;

Condições de acesso

  • Não ter acesso ao crédito bancário normal;
  • Ausência de incidentes bancários;
  • Estar desempregado;
  • Ser desempregado involuntário (se voluntário > 9 meses) inscrito no Centro de Emprego (Condição para Microinvest);
  • Ser trabalhador independente com rendimentos inferiores ao salário mínimo no ultimo ano (Condição para Microinvest);
  • Ter uma boa ideia de negócio com viabilidade financeira;
  • Fundamento do projecto terá de ser a criação do próprio posto de trabalho, para o que possui formação e competência adequadas;

Garantias exigidas

  • Uma vez iniciado o processo de financiamento, terá que ser instruído com a prestação de uma garantia pessoal (dada por um fiador), que responderá por 20% do capital que lhe vier a ser creditado.

 Negócios Admissíveis

  • Todos os tipos de negócios são admissíveis, desde que apresentem viabilidade financeira com o financiamento disponível.

 Despesas Elegíveis

  • Despesas de investimento e outras que sejam consideradas indispensáveis à constituição e arranque do negócio.

 Bancos Parceiros

  • Novo Banco;
  • Caixa Geral de Depósitos;
  • Millennium BCP

 

Condições do empréstimo (Banco)

  • Não são exidas garantias reais ao candidato mas exige-lhe a apresentação de um fiador que garanta 20% do capital emprestado;
  • Valor mínimo de empréstimo 1.000€ e o valor máximo 12.500€ no primeiro ano. Poderá ser solicitado um reforço de adicional de 2.500€ sujeito a análise;
  • O montante poderá ser disponibilizado em tranches, segundo as prioridades do investimento apresentado;
  • Período de reembolso poderá ir de 48 a 60 meses;
  • Prestações constantes, taxas de juro incluirá um spread sobre a Euribor a 3 meses, entre 3 e 5%, de acordo com o banco escolhido.
  • Cabe à ANDC propor o empréstimo ao banco, mas este poderá recusar se considerar existirem razões justificadas para que o candidato ou o fiador apresentado não merecem confiança bancária.

Como é que a One Thousand o poderá ajudar?

  • Realizamos um enquadramento prévio ao seu projecto, para aferir a viabilidade da candidatura;
  • Realizamos o estudo de viabilidade e Plano de Negócios que servirá de base à candidatura;
  • Aconselhamos e alertamos para eventuais custos com o processo, nomeadamente ao nível das garantias ao financiamento;
  • Formalizamos e acompanhamos a candidatura ao financiamento.

 

Se tiver menos de 30 anos de idade e desempregado pode ainda candidatar-se ao Programa Investe Jovem, também financiado pelo IEFP, que contempla entre outras vantagem um empréstimo sem juros, e um apoio a fundo perdido de 2.526 € para a criação de próprio emprego.

 

Tem algum projeto que pretende desenvolver, ou alguma dúvida que nos queira colocar? Teremos todo o gosto em conversar sobre o assunto. 

Contacte-nos