Plano Estratégico Empresarial. A sua empresa tem um?

Gerir um negócio significa tomar várias decisões sobre a forma como pretende expandir as operações da sua empresa. Elaborar um plano estratégico empresarial é um passo fundamental para planear o crescimento do seu negócio, e obter as informações necessárias para maximizar o potencial de crescimento da sua empresa.

Neste artigo, explico quais as informações fundamentais que um bom plano estratégico deve conter, qual a estrutura e pontos a destacar. O objetivo final, é que consiga usar essa ferramenta na sua empresa, como um instrumento de planeamento, monitorização e execução.

 

O que é um plano estratégico empresarial e quais as principais funcionalidades?

O propósito do plano estratégico empresarial é a definição de metas e objetivos para o negócio, e ao mesmo tempo delinear um plano para alcançar essas metas e objetivos. Um passo fundamental é colocar-se fora das atividades operacionais do negócio e definir com clareza para onde a sua empresa se está a direcionar e quais devem ser as prioridades.
Tomar decisões, de forma frequente, com o propósito de fazer crescer o negócio, envolve riscos. Despender algum do seu tempo para identificar com precisão para onde quer levar o seu projeto, e como o poderá fazer, ajudá-lo-á a reduzir os riscos de gestão.
Conforme os negócios vão crescendo e ficando mais complexos, a definição de uma estratégia de crescimento irá exigir uma formulação mais sofisticada. Será ainda necessário reunir os recursos e apoio necessário na sua liderança, e para isso terá de recolher dados do negócio, de forma a dispor de um conjunto alargado de indicadores que permitiram ter uma visão ampliada do negócio, nomeadamente, saber como o negócio se processa internamente e quais as condições dos mercados em que opera.

Um bom plano estratégico, deve conter poucas páginas, ser de fácil leitura e escrito de forma a que toda a equipa consiga compreender a informação.

 

Quais as diferença fundamentais entre o plano estratégico empresarial e um plano de negócios?

O plano estratégico tem como principal utilidade a implementação e gestão de uma estratégia que possibilitará direcionar o negócio de uma organização já existente. Por seu lado, o plano de negócios é usado numa fase inicial de um negócio, normalmente para a obtenção de financiamento.

O plano estratégico é normalmente usado em negócios que já estão a operar, e normalmente é solicitado pelo empresário que está fortemente comprometido com o crescimento da sua organização. Por contrapartida, o plano de negócios é desenvolvido para novos negócios e por empreendedores que pretendam criar um novo projeto.

Por último, o plano estratégico é usado para manter o foco e a direção de uma empresa no sentido de a mover do ponto atual para o ponto onde se quer posicionar no futuro, enquanto que o plano de negócios é usado para estruturar as ideias de um novo negócio.

 

Quais as informações (obrigatórias) a constar no plano estratégico empresarial?

Não existe uma estrutura pré-concebida para esta ferramenta. Desenvolver um plano estratégico para o crescimento de uma empresa, requere um conhecimento profundo do negócio. Assim, é fundamental conhecer como funciona todo o negócio, e como o mesmo se posiciona face às empresas do mesmo mercado. 

No entanto, existem três questões essenciais que todos os planos estratégicos devem responder:

Como está atualmente o negócio? Para responder a esta questão é necessário conhecer muito bem a realidade atual do negócio, nomeadamente: as atividades internas operacionais, de que forma o negócio é rentável, qual o posicionamento face à concorrência, quais as atividade e/ou produtos que mais contribuem para o crescimento do negócio, etc.

Poderá responder a esta questão poderá realizar uma análise SWOT ao negócio.

Para onde quer levar o negócio? Aqui deverá definir as principais metas que pretende alcançar. Qual é a missão, visão e valores da empresa? Como vê o negócio daqui a 5 e a 10 anos? Qual é o foco do negócio e as vantagens competitivas?

A resposta a esta questão é o motivo que está por de trás da elaboração do plano estratégico e deve servir de motivação para a mudança que será necessária.

O que é necessário para lá chegar? Quais as mudanças que serão necessárias para que seja possível alcançar as metas definidas na questão anterior? Qual é a melhor forma de implementar essas mudanças? Quais as alterações necessárias à estrutura financeira da empresa, para que essas mudanças possam ocorrer? Quais as datas limite para a implementação dessas estratégias?

 

Enquanto a segunda pergunta – Para onde quer levar o negócio? – está no centro do planeamento estratégico, a mesma só pode ser útil, se conseguir responder as duas outras questões.

 

Vantagens de ter um plano estratégico

Ao longo de todo o artigo foram enumeradas várias vantagens que o planeamento estratégico possibilita ao empresário/gestor. Neste ponto volto a destacar algumas dessas vantagens e listo outras, que se mostram também muito relevantes. Algumas das vantagens de a sua empresa ter um plano estratégico são:

  1. Possibilita ao empresário um conhecimento aprofundado do negócio e de todas as áreas que o constituem;
  2. Permite refletir sobre as vantagens competitivas do negócio e estratégias para reforçar essas vantagens;
  3. É uma ótima ferramenta para envolver os colaboradores da empresa, na persecução de objetivos/metas comuns;
  4. É um instrumento de reflexão sobre o futuro do negócio;
  5. Permite definir indicadores de performance (key performance indicators – KPIs ) para serem monitorizados de forma regular;
  6. Poderá ser o ponto de partida para a implementação de mudanças em termos organizacionais ou da própria cultura da empresa;

 

Conclusões…

Como qualquer outra atividade de gestão, a elaboração do planeamento estratégico de um negócio, por si só, necessita de ser gerido de forma eficaz, para que os recursos e responsabilidades possam ser alocados às pessoas corretas.

O ponto mais importante que interessa destacar nesta secção é a grande necessidade do envolvimento de toda a equipa. Assim, saber a opinião dos colaboradores chave e dos principais parceiros do negócio (clientes, fornecedores, consultores, etc.), é uma das regras de ouro, para que possa retirar o máximo proveito desta ferramenta de gestão.

 

Pretende desenvolver um plano estratégico para o crescimento do seu negócio? Contacte-nos, teremos todo o gosto em ajudar a sua empresa a alcançar novos patamares de sucesso. 

 

Contacte-nos

 

Leia Também:

7 dicas sobre como Impulsionar a minha marca »

Como Aumentar o Cash-Flow ou Fluxo de Caixa da minha Empresa? »

Plano de Negócios »